Agricultores familiares começam a colher milho das sementes doadas pelo Governo do Estado

As sementes têm se destacado pela qualidade do grão e produtividade na hora da colheita

O agricultor Joeliton Ferreira de Araújo, da comunidade Carro Quebrado, em Nossa Senhora de Lourdes, tem tido muito trabalho nos últimos dias. É que ele e sua família estão empenhados em colher três tarefas de milho, provenientes das sementes doadas gratuitamente pelo Governo do Estado. A doação aconteceu por meio do Programa Sementes do Futuro, realizado pela Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri), por meio da sua vinculada, a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro).

Com a chegada das sementes de milho dentro da janela de plantio, que ocorre no período de abril a junho, os agricultores beneficiados estão começando a colher sua produção que, na sua grande maioria, é destinada à composição de silagem, como reserva estratégica na alimentação animal, no período de estiagem. “É a primeira vez que recebo as sementes da Emdagro e a experiência está sendo ótima. Plantei os 10 kg de sementes da variedade cruzeta que recebi e hoje estou colhendo pouco mais de três tarefas de milho. Com essa produção eu faço canjica, cuscuz, pamonha e a silagem para a alimentação do gado. As sementes são de boa qualidade. Ano que vem espero receber de novo”, comemorou o agricultor familiar Joeliton Ferreira Araújo.

O programa Sementes do Futuro tem o objetivo de apoiar a produção de grãos dos agricultores familiares sergipanos, mas não é só isso que o programa promove, ele é também responsável pela geração de emprego e renda de muitos trabalhadores rurais que aguardam o momento do plantio e da colheita para tirarem um trocado e ajudar nas despesas da casa, como é o caso do trabalhador rural José Wesley dos Santos “Está sendo uma coisa boa essa doação das sementes, porque está gerando um emprego para nós, além de formar uma ração para o gado, e assim gerar uma renda para a cidade, já que a gente precisa comprar comida para se manter”, contou ele.

O chefe do escritório local de Itabi, que atende os agricultores de Nossa Senhora de Lourdes, Sérgio Carlson, explicou que 400 agricultores foram beneficiados no município, com 10kg de sementes de milho certificadas. “Nós entregamos na hora certa quatro mil quilos de sementes aos agricultores de Lourdes. Eles plantaram bem na época do inverno e, graças a Deus, nós estamos tendo uma grande produção de milho aqui na região, para garantir a silagem, que é uma reserva estratégica para o próximo ano”, ressaltou o técnico.

Segundo a chefe do Escritório Regional de Nossa Senhora da Glória, Rita Celene, o Governo do Estado distribuiu 115 toneladas de sementes de milho certificadas para 11,5 mil famílias de todo o estado, com um investimento total de R$ 1,5 milhão. “Só na região do alto sertão sergipano foram 80 mil quilos entregues, beneficiando a oito mil produtores. Foram sementes de qualidade e muito elogiadas pelos agricultores beneficiados”, frisou ela.

Parceiros:

Última atualização: 4 de setembro de 2023 10:05.