3 de novembro de 2022 09:29

Emdagro entrega sementes de arroz aos produtores do Baixo São Francisco


Produtores prejudicados pelo excesso de chuvas recebem maior quantidade de sementes


Estamos no período de plantio do arroz em Sergipe que iniciou em julho e vai até final de setembro. Para a safra 2022, os irrigantes parceleiros dos perímetros irrigados de Cotinguiba/Pindoba, Betume e Propriá, no Baixo São Francisco, receberam 125 toneladas de sementes certificadas de arroz, doadas pelo Governo Estadual, por meio da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro). Segundo os agricultores, este foi um dos anos mais aguardados para o recebimento das sementes subsidiadas pelo governo, em virtude dos danos causados pelas chuvas que afetaram a colheita do grão na safra anterior.

O presidente da Emdagro, Jefferson Feitoza de Carvalho, foi quem fez a entrega oficial, representando o Governador Belivaldo Chagas e o Secretário de Estado da Agricultura Zeca da Silva, e contou com as presenças da Secretária de Agricultura de Ilha das Flores, Celi Calulby, do Coordenador Regional da Empresa, Paulo Roberto Barbosa, dos supervisores locais dos municípios de Propriá e Neópolis, Edmundo Gualberto Batista e José Heriberto Vieira, respectivamente, e do Coordenador de Desenvolvimento Rural, Ary Bomfim.

Jefferson destacou que o programa de distribuição de sementes possibilita o incremento da produção de alimentos para consumo familiar, como também para a geração de excedentes comercializáveis, gerando emprego e renda ao produtor rural. “O Governo do Estado faz anualmente a aquisição e distribuição de sementes certificadas de arroz aos produtores da região do Baixo São Francisco, por entender a importância econômica e social dessa atividade no Estado de Sergipe”, destacou.

O presidente frisou também que, com o advento dos danos e perdas de safra no ano passado, provocados pelo excesso de chuvas e, consequentemente, acamamento da cultura de arroz, muitos produtores de arroz foram prejudicados. “Ao todo 59 produtores, 15 do perímetro irrigado de Betume e 44 do Cotinguiba/Pindoba, foram os mais prejudicados com o excesso de chuvas. Para estes produtores, o Governo do Estado distribuirá uma quantidade maior de sementes de arroz, como forma de compensação pelas perdas ocorridas, isso tudo em comum acordo com as representações dos perímetros irrigados, Secretaria de Estado da Agricultura e Emdagro”, destacou o presidente.

O secretário de Estado da Agricultura disse que Sergipe reafirmou a decisão de assegurar mais sementes para os produtores que tiveram perda total. “Não poderíamos deixar o produtor sem a condição de plantar, portanto, aqueles que tiveram perda total está recebendo mais sementes para compensar o prejuízo”. Conforme informou o secretário, citando dados do IBGE, Sergipe é o terceiro maior produtor de arroz do Nordeste com estimativa de produzir 39.281 toneladas na safra 2022, e deve manter-se como o maior em rendimento médio da região na produção de arroz com 7.654 Kg/ha.

Segundo o produtor Carlos Alberto de Freitas, conhecido como Gararu, as sementes entregues pelo Governo do Estado são de boa qualidade. “São sementes certificadas das variedades Catiana e 431 que se adaptaram muito bem à nossa região, garantindo uma produtividade muito boa, ou seja, aproximadamente 10 toneladas por hectare produzido”, contou Gararu.

Também estiveram presentes na entrega das sementes representantes da Associação do Perímetro Irrigado de Propriá, Crizelvan Souza Cardoso, da Associação do Perímetro Cotinguiba/Pindoba, João Marcos R. Santos, da Associação do perímetro irrigado de Betume, Carlos Alberto de Freitas, Genivaldo Souza Rocha e Ezio Ramos.

Last Updated on 3 de novembro de 2022 by carlos.mariz