18 de fevereiro de 2022 09:16

Emdagro realiza palestras sobre Sigatoka Negra


Praga é a mais letal para o cultivo da banana, podendo gerar perda de 100% da produção


A cultura da banana é uma das atividades de grande importância social e econômica para o Estado de Sergipe. Por esse motivo a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) vem mantendo rigorosamente as fiscalizações agropecuárias diante das ameaças fitossanitárias, como a praga Sigatoka Negra, que se encontra presente em vários estados do Brasil, em Sergipe ainda somos livres desta doença, mas a Bahia, grande produtor apresenta está doença. Mas, além desse trabalho de fiscalização, outro muito importante que vem sendo realizado pela Coordenadoria de Defesa Vegetal, são as palestras voltadas para produtores e comerciantes sobre os riscos do transporte e comercialização de bananas sem a devida procedência.

Foi o que aconteceu na última segunda-feira (31), quando 16 produtores de banana do município de Malhador, agreste sergipano, receberam a equipe da Coordenadoria de Defesa Vegetal da Emdagro, Marcos Paulo, Orleans Siqueira Santos e Sandro Roberto Kruger, numa palestra sobre a Sigatoka Negra, doença considerada a mais destrutiva da bananicultura, podendo causar perdas de até 100% da produção. “Sem medidas de controle, a Sigatoka Negra pode reduzir até em 50% o peso do cacho e causar perdas de 100 % da produção devido à deterioração na sua qualidade”, comentou Sandro.

Segundo o Coordenador, a Emdagro tem atuado intensamente no controle da praga em Sergipe. “É intensa a atividade da fiscalização agropecuária para barrar o trânsito de produtos sem a Permissão de Trânsito Vegetal (PTV), e é esse trabalho que vem garantindo a ausência da Sigatoka Negra em Sergipe. Da mesma forma, temos buscado a conscientização de boa parte dos produtores e comerciantes para não adquirirem esses produtos sem origem confiável”.

Encontros
O primeiro encontro ocorreu no último dia 26 de janeiro, no Centro de Abastecimento de Sergipe (CEASA), onde 15 produtores e comerciantes assistiram a palestra: Comercialização de banana, Legislação e Sanções por descumprimento, ministrada pela Emdagro. Com o mesmo foco, o órgão já tem outro encontro agendado com produtores e comerciantes do município de Itabaiana, no próximo dia 04 de fevereiro, que terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre os riscos da entrada de doenças oriundas de outros estados, sobretudo, da Sigatoka Negra.

Last Updated on 18 de fevereiro de 2022 by carlos.mariz