25 de maio de 2022 11:37

Emdagro realiza terceiro encontro das Equipes Técnicas de Ater


Dentre os principais temas estão a Ater junto as Comunidades Quilombolas e Planejamento 2022


Com o objetivo de compartilhar e avaliar as ações de Assistência Técnica e Extensão Rural  (ATER), junto as Comunidades Quilombolas e o planejamento 2022, foi  realizado o 3º Encontro  das  Equipes Técnicas responsáveis pela referida ação junto aos Quilombos de Serra da Guia (Poço Redondo), Mocambo (Porto da Folha), Pirangi  (Capela), Resina e Batateiras (Brejo Grande).

Durante o evento, as equipes apresentaram as principais atividades assessoradas junto as famílias destacando seu acesso aos diversos programas e projetos financiados pelas esferas dos governos estadual, federal e municipal, por meio de uma ação articulada entre equipes técnicas da Emdagro, Prefeituras Municipais através de suas Secretarias, Incra, Agentes financeiros, Movimentos sociais, Sebrae, Seagri, SEAIS, Ministério do Meio Ambiente, Movimento Quilombola, SASAC, Organizações não governamentais.

“A prestação de Ater junto aos referidos Quilombos faz parte de um acordo firmado entre a Emdagro e o Ministério Público Federal (MPF), em abril de 2016, quando foram considerados entre outros aspectos, como a conquista dos territórios quilombolas, a necessidade de ater sistemática e a oportunidade de as famílias acessarem ás diversas políticas públicas, tendo como porta de entrada, a conquista da terra, frisou a responsável pelo Programa de Organização e Desenvolvimento Social da Emdagro, Abeaci dos Santos.

O Encontro aconteceu na sede da Emdagro, em Aracaju, quando, na oportunidade, além das equipes técnicas das unidades locais da Emdagro dos referidos municípios, marcaram presenças a Coordenação de Desenvolvimento Rural, a equipe de   Desenvolvimento Social,  a Coordenação de Assessoria de Planejamento, a Gestora Regional de Nossa Senhora da Glória e as Engenheiras Florestais que fazem residência na Emdagro.

PROGRAMAS
Dentre os programas e  projetos acessados pelos Quilombolas no processo de assessoria  prestada pela Emdagro, foram destaques  os Projetos Dom Távora, Dom Hélder Câmara, Manejo do Uso Sustentável da Terra no Semiárido  do Nordeste Brasileiro (Sergipe) e Inseminação Artificial por Tempo Fixo (IATF); Programas Água  Doce,  Minha Casa Minha Vida  II, Defesa animal, Garantia  Safra,  Mais Palma, Bolsa Família, Auxilio Emergencial, Seguro Defeso, Distribuição de sementes, Mecanização agrícola, construção de casas , Crédito rural por meio da emissão da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e inserção das famílias no Sistema de Informações dos Produtores da Reforma Agrária (SIPRA); Atenção Básica de Saúde, Educação do Campo, Segurança Alimentar e Nutricional , Gestação Social, Recuperação de áreas degradadas entre outros.

A partir da inserção das famílias nos referidos programas, projetos e outras ações, que as famílias foram beneficiadas certo com unidades de processamento e beneficiamento da produção agrícola, sementes de feijão, milho, arroz, palma e hortaliças, acesso as diversas linhas de crédito para fortalecimento das atividades produtivas e de escoamento da produção, amparo da  produção agrícola por perdas ocasionadas pela falta de chuvas intensas e devido a seca; sanidade dos rebanhos bovinos, suínos e outros por meio de exames de brucelose, vacinação contra a febre aftosa e raiva; aquisição de máquinas e equipamentos para apoiar as atividade agropecuárias como tratores, colheitadeira, ordenhadeira, tanques de resfriamentos; amparo das famílias pescadoras durante o período do  defeso da pesca; construção de habitações, aquisição de barcos de pesca e aviamentos, construção de pequenas rotas de turismo aproveitando o potencial local ,construção e reformas de espaços de produção artesanais  com máquinas , equipamentos , matéria prima   e aviamentos; processos de formação continuada nas diversas atividades trabalhadas pelas famílias  organização para comercialização;  amparo e proteção das famílias por ocasião do corona vírus com vacinação, distribuição de máscaras,  maneja da caatinga, cestas de alimentos e recursos do auxílio emergencial e bolsa família; melhoria genética do rebanho bovino por meio da inseminação artificial entre outros.

Last Updated on 25 de maio de 2022 by carlos.mariz